Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Saudinha

Já passa das 13 horas e estou que nem posso.

Saí para arejar, mas o bafo de calor que se sente cá fora faz-me sentir embriagada.

Peço autorização ao pé esquerdo, para o direito se mover.

-Faça o favor de avançar, lady!

Tenho de beber um café, no boteco da esquina, a ver se arrebito.

 O empregado ao balcão ainda está mais lento que eu!
Está-me cá a parecer que ainda nem acordou.

 
O café chega e assenta-me como uma bomba!
 
Vou ainda mais descambada enfrentar a tarde........

No inverno queixo-me do frio, das roupas, do arsenal que tenho de trazer comigo, mas chega o verão e sinto-me qual tartaruga a tentar, a medo, por a cabecita de fora, para o mundo...parada, paradinha! ....Ou talvez um caracol! Enfim, um bicho muito lento.

Não pode haver um meio termo, um período de transição? Ou o suor nos corre corpo abaixo ou tiritamos com as baixas temperaturas.

Haja saudinha, muito protetor solar, óculos de sol, toneladas de banhos frios e muito protetor solar.

Sem comentários:

Enviar um comentário