Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

DAMA DE CÓRENTA!





Eu sei, eu sei que não tenho alimentado o bicho!


Chegou um Outono deveras estranho, em que os dias mais parecem de verão que outra coisa.


Ainda não se largou a manguinha curta, but já se começou a olhar para as novas tendências.


E antes que me lance a elas, deixo-vos umas imagens de uma modelo que teve muita muita pinta nos eventos deste 2016 que já está quase a acabar....


e um ligeiro cheirinho do que vai continuar a dar...


E vejam que as transparências não nos vão largar em 2017.







Euzinha até gostava de me atirar p'ra fora de pé e experimentar uma coisinha destas, mas a bem dizer, a moça tem menos uns dez quilinhos que eu e eu agora sou DAMA de RESPEITO, CÓRENTONA! E dama de respeito resguarda os atributos!!!! Eh eh.....





Por este caminho já poderia ir.....


Arre que a miúda é elegante!!!!!


A camurça, em grande força, sempre.....


E os batons fortes!



Vestido longo, estruturada! Lindíssimo...QUERO! QUERO!!!!! Para as inúmeras cerimónias em que terei de me apresentar em 2017. Ahhhhh ahhhhh


UAU.......
Diana, só mesmo tu! ADORO
Este aqui, nem sei para onde o havia de reservar....

quarta-feira, 27 de julho de 2016

De burka no ginásio? Why?


Agora é que me deu para gostar de roupa de desporto.

Tudo começou com ele, o homem que me dá cabo do canastro às terças e quintas, com a Zumbada.

O que eu gosto daquilo. Muita dança, muito ritmo, muita festa. Fixe para quem já não frequenta discotecas...

E uma mulher tenta abater por ali, o máximo de calorias que pode. É dar o tudo por tudo! Muito sangue, suor e sorrisos.

Comecei por levar umas calcinhas pretas convencionais, quase a chegarem-me aos sovacos e a cobrirem toda a perninha, com uma t-shirt também preta. A chamada burka desportiva, não é?

Mas vai daí, dei por mim a achar que estava um pouquinho de nada desatualizada face às minhas camaradas de treino, pela insistência no uso de indumentárias que se usavam p'raí nos anos 80.

Então, seguindo o conselho de uma amiga, completamente viciada em desporto, essa sim, bastante modernizada nestes assuntos, desloquei-me a uma loja de desporto, onde tomei conhecimento das marcas com maior qualidade e com mais estilo para frequentar ginásios e praticar o bendito esporte.

E com estas novas roupas super fashion, fluorescentes e descapotáveis, que exibem a boa forma física em que uma senhora gaija se encontra, uma mulher sente-se outra. Totalmente renovada.

Chego à conclusão que andei perdida anos a fio. Completamente perdida.

Ginásio= sexyness!

E emancipei-me. Calças muito coladas, com néons, tops e camisolas com aberturas laterais.
Os ténis condizem com a ropita, pois está claro. Olarecas.

Cadê o outro eu? Cadê? Agora todos os passos são feitos com outra sensualidade na aula. É que a que anteriormente detinha era de grau 0 ....

Já dou por mim interessada em algumas pecitas, quando antes de 2015 o meu investimento monetário nesta matéria era quase nulo.

E eis que descubro marcas giras e boas! Ora aqui fica uma delas.




                                                           
                                   

                                     Diana Pereira, para Botton

Tudo o que luz, é oiro!



Bom dia meus queridos leitores (as)

Sim, sei que quem passa por aqui é quase sempre mulher.....

Mas convido os cavalheiros a virem espreitar as coisas de que nós, fêmeas, gostamos.

Tenho estado tão ausente por estas bandas, que acho que nem macho nem fêmea já por cá passam...sniff....

Confesso que andei em modo "observação das últimas modas". Acho que já recolhi material suficiente para uns quantos posts.

E vai daí, sem mais delongas, faço hoje o regresso a este corner, de que já tinha saudades....

Este Verão, minha gente, ando particularmente encantada com bijuteria de tons oiro.

E encontrei-a, maravilhosa, na minha querida PARFOIS, na PRIMARK e na BIJOU BRIGITTE.

De repente, parece que a felicidade tem tons doirados.

Aqui ficam umas imagens.....





Ando desejosa que a minha nail artist, da LOVE YOU NAILS me pinte as unhas nestes tons....só falta ganhar coragem. E também não nego uma tatoo ( só das de brincadeirinha).


E tau! Um casaquinho discreto para a saída da praia (eh eh)

Que este Verão seja muito feliz...

Aquele francês! Irresistível.



Passei, por mero acaso na RTP2 por volta da hora de jantar, já entristecida com as notícias de caos e tragédia que se propagam mundo fora e deixei-me fixar naquele programa.

Voltei no dia seguinte, para outro episódio, e no outro a seguir também. E já assim é há quase duas semanas.

Inesquecíveis viagens de combóio é um programa de viagens, em que o simpático e afável francês Philippe Gougler ( por quem estou encantada!) nos dá a conhecer trajetos inusitados, lugares encantados, tradições e hábitos de vida distintos, em países como Perú, Indonésia, Argentina, Índia.

Normalmente, as viagens têm início num combóio de uma terriola, porque Gougler adora este meio de transporte...e é onde começam as aventuras, as empatias, as deliciosas conversas  com os nacionais.

Este francês é simpático e ternurento com todas as pessoas que vai conhecendo. Comove pela bondade e generosidade, em cada diálogo.

Apreende os mais distintos hábitos dos povos, com gratidão e real vontade de conhecer, a alma dos povos. Surpreende-se, abraça a diferença e ri.

É reconfortante viajar, mesmo em casa, com pessoas assim.

Curiosamente, mostra-nos que não somos assim tão distintos uns dos outros. Os corações são muito parecidos, aqui e na China. Esta é a mensagem do meu querido Francês.

Inúmeras são as vezes em que se fala da importância do Sorriso, como ferramenta que atrai boas energias, da esperança e da resiliência, para não nos deixarmos derrubar, e da felicidade e prazer que se pode sentir nas coisas mais simples...

Distanciam-nos gostos, crenças, hábitos, sómente isso. Em tudo o mais, somos iguais, tão iguais.

Este francês não ouve cada pessoa, escuta-lhes o coração. Este francês emociona-me, a cada programa e transmite-me paz.



Já viciei alguns amigos!
Isto porque não me canso de falar, das viagens deste francês sonhador, de olhos alegres....

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Bolas, bolas


Sim!

Visualmente, gosto muito, mas já não me aguento em cima deles.



                                                            SALTO ALTO=SOFRIMENTO

Demito-me definitivamente de os usar.

Já não dá mais..

Lembrei-me de ir Kizombar com uns nos pés e desde as figurinhas que fiz na calçada lisboeta às bolhas que me morderam os calcantes toda a noite...foi um verdadeiro suplício!

Injuriei os ditos cujos toda a noite e jurei nunca mais me expor a tamanha expiação.

Posso fazer com eles uma ou outra presença, de tempo muito limitado, quando as circunstâncias sociais assim o exigirem, mas a nossa relação íntima acabou!

Agora, a urgência é o conforto!

Edgardo Osorio para Salvatore Ferragamo
Bolas! Bolas! 

E estes são lindos e parecem tão confortáveis.....................

E ainda há mais...




Há muito por aí onde os escolher!!!

Não havendo bolsa para uns Salvatore Ferragamo, galera, "Eles andem aí"!


VIVÓ BEIJO



Em honra ao dia do beijo, que teve lugar na semana passada e à beijoquice pegada que foi aquele dia nas redes sociais...

Ora fiquem lá com uns beijos valentes, à cinema....



E VIVÓ BEIJO!

A Kardashian...



Kardashian...

Esta, para mim, é a única com glamour no clã!

Espera-se que assim permaneça, já que as passereles e a alta costura assim o exigem.

Até em lazer a miúda dá cartas...

Ó pra ela..




                                                               Festival Coachella 2016

segunda-feira, 11 de abril de 2016

SEGUNDA -FEIRA . ESTÁ ERRADO!


À segunda-feira, sinto-me uma verdadeira pelintra.

Por querer esticar o fim-de-semana até à última, a ver Got Talents e filmes na Fox, deito-me para lá de Domingo.

Por conseguinte, entrego-me ao leito já no próprio dia em que vou comparecer ao trabalho...e isso está ERRADO!

Vai dai não cumpro as oito horas de sono obrigatórias por lei. Sim..estas é que deviam ser obrigatórias!!
E está tudo tramado a partir daí....



Vasilisa Pavlova para Harrods Magazine (fevereiro 2016) 

A segunda -feira de manhã corresponde às sobras do fim-de-semana...


No taparware para o almoço vão as comidinhas a mais feitas no dia anterior...

A ropinha que se veste é normalmente a mesma que se vestiu há poucas horitas atrás (excetuando a íntima e o peúgo).

O banho é coisa rápida, mesmo feita a despachar....

É tudo um TEM DE SER!

E assim se empurra o corpo para fora de casa. VAI TRABALHAR malandro....FORA!

E tudo custa...é um Fado...

A luz a bater nos olhos...DEUS TE LIVRE! Saca-se imediatamente do óculo de sol, tal e qual vedeta a sair de uma rave....



A locomoção é lenta, muito lenta....

Os pensamentos correm ao relantim....

Efetuado o trajeto até ao bolimento, começa todo um novo processo, igualmente sofrido.

Em vez de bom dia ao colega, solta-se uma espécie de  grunhido.

E alguém no elevador, que sente a mesma angústia, verbaliza:

- Mais um dia!

E somos apanhados por todas as dores físicas possíveis e imaginárias...

Só porque a SEGUNDA-FEIRA é dia chunga...

É diazinho para esquecer!

A vontade de regressar ao lar é tão grande que o corpo anda em desassossego pelos corredores, até chegar a hora..a horinha de agarrar nos restos e esquecer.....

Porque amanhã já é terça-feita e uma pessoa é muito mais feliz às terças feiras.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Agarrem-me que eu fujo!


Juro, juro que se me apanho com temperaturas um bocadito superiores às do dia de hoje, fujo do escritório...

Agarrem-me que eu fujo!

Então num dia tão bonito, uma pessoa consegue lá estar encerradita numa sala, a olhar apaixonadamente para um computador, como se não houvesse amanhã, sem uma janelinha para abrir ( porque nestes edifícios modernos, ar puro é coisa que não está a dar...chique mesmo é o sopro do ar condicionado)...

Os olhos começam a cerrar....o que estamos a fazer fica tão distante....

A ligação à terra parece cada vez mais difícil de estabelecer....

Mas quando?

Quando é que chegam os dias em que a preocupação vai ser "NÃO FAZER NADA"...

E manda-se um suspiro, faz-se um queixume ao colega do lado...

Enquanto esses dias não chegam, vou aproveitando os finais de tarde...vou chupando uns driques por essas esplanadas da vida, logo depois de sair do trabalho.

E só de me lembrar que há mundo lá fora....solta-se outro "AIIIII" que vem das entranhas.

Ai que só me apetece ganir, subir aos postes e apalpar o cú às lâmpadas ( já dizia o filósofo)....

Como não prevejo que este desejo seja passível de concretização, vou tentar meditar e acalmar os impulsos interiores que convidam à grande prevaricação veraneante ....

Ai que vontade de pôr um chinelo no pé...

Ai que maravilha que vai ser quando me abancar numa prainha a ver o mar e a comer um corneto de morango....

Melhor só mesmo um panaché com tremoços...

Acho que me embrulho tipo croquete, areia fora, e vou fazer a fritura à agua!!!!

E enquanto não posso circular por aí, só de biquini, porque a sociedade não o permite, deixo-vos aqui uns vestidinhos que me parecem bem decentes para os dias calientes que hão-de vir e em que vós, mulheres, tereis de trabalhar...




CHIARA FERRAGNI para a COSMOPOLITAN, por MAX ABADIAN


quarta-feira, 23 de março de 2016

Aprovado?



Não quero excluir os meninos deste blog...

E eis umas fotos de moda de senhores cheios de estilo....



Aprovado meninas?

Miúda de Fé



Verde é esperança!

E acerca da esperança diz-nos a wikipédia, gaija muito culta a quem se pode perguntar qualquer coisinha:

"Esperança é uma crença emocional na possibilidade de resultados positivos relacionados com eventos e circunstâncias da vida pessoal. A esperança requer uma certa perseverança — i.e., acreditar que algo é possível mesmo quando há indicações do contrário. O sentido de crença deste sentimento o aproxima muito dos significados atribuídos à ."


Então tu, miúda de fé, toca a vestir umas peças desta côr...



Estas ladys das pictures parecem tê-la renovado!

Mesmo nos dias em que te sentes menos crente, em que a esperança parece ter-te abandonado, Acredita.

Já a Cher dizia BELIEVE!

sexta-feira, 18 de março de 2016

Ar lavadinho



Porque sim...

Porque vou adorar sempre a calma e serenidade de um outfitt branco....

E dá um ar tão lavadinho!!! Eh eh...

Helena Bourbon...e como os espanholas, nuestras hermanas são salerosas!

Karolina Kurkova....adoro tudo! carradas de elegante.....

Uma decente camisa branca, confesso que ainda me faz falta no armário.

Vermelho paixão



Apontamentos vermelhos neste Inverno.....

Representados pelas it girls, portuguesa, Cristina Ferreira e espanhola, Helena Bourbon...

Assim, os dias frios ficam mais alegres, não é?

Há um certo toque de paixão nesta côr!




O que é NACIONAL é mesmo BOM!

Vamos falar de bom gosto e elegância?

Então conversemos sobre a moda Lisboa..

....sobre os jogos de transparências e texturas que Carlos Gil apresentou...


Carlos Gil F/W 2016

Carlos Gil F/W 2016

Sobre a sobriedade e requinte presentes no desfile de Miguel Vieira....

Miguel Vieira F/W 2016


Sobre o uso perfeito da côr...

Miguel Vieira F/W 2016



Caramba, o que é NACIONAL é mesmo BOM!

Parabéns aos estilistas e aos excelentes modelos!!!

segunda-feira, 7 de março de 2016

Uma pessoa curte.....



Vestidos que uma pessoa curte...e que não são os dos Óscares, que para mim, este ano foram muita fraquinhos!!!!!

Tudinho Atelier Versace para o calor que, esperemos, esteja por aí a vir.

E parece que se reúnem aqui uma série de tendências para este verão....

Perna de fora...de preferência só uma...ao estilo Angelina Jolie!

Ombros descobertos!

Transparências e jogos de assimetrias.

Decotes profundos


terça-feira, 1 de março de 2016

Ainda te amo



Do you love your dark perfecto?

Ou melhor...

Curtes o teu blusão de cabedal negro (ou imitação)?

Só me deu para o trazer para casa já tarde para xuxu....

Talvez porque só agora me tenha dado para a rebeldia!

Mas estamos envolvidos,sem dúvida.

Digo mais...estamos numa relação.


O meu tem umas tachas aplicadas, o que ainda lhe dá um ar mais roqueiro.

É frequente perguntarem-me se deixei a mota estacionada lá fora ou se algum motard me veio trazer ao trabalho....

Eh eh....

Adoro!!!!



Comprei-o com o meu "consultor de imagem" no El corte inglês e tem andado comigo este inverno...

Vamos lá ver se as modas não mudam muito e não tenho de o encostar às boxes para o ano!

É que tenho a perfeita consciência que fico com ar de Bonnie Tyler...

Mas é muita cool!!!!!!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

ATA-ME



Do que já deu para ver das modas primaveris, vêm por aí muitas correntes, muitos atilhos.

Assim é mais fácil puxar..eh eh..

Eu acho piada.

É diferente!


                                                                          Tão nice!

Talvez tenha que me levantar meia hora mais cedo, para enrolar os atacadores à canela na perfeição...

E se me deitar já previamente calçada? Heim? Facilitava e agilizava as tarefas matinais!

Nada como tentar....


Adoro esta blusinha Isabel Marant!

Só style...toda ela cheinha de "cenas" para atar.

Vejo -me em grandes lutas para incorporar estes looks de "cordelinhos".

Vamos lá ver como me vou safar!


P.S. - Cada um com as suas dificuldades, certo?

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Carnaval no sofá é que está a dar



Hoje, please, não me cansem a beleza.



É sexta-feira!

É o dia em que eu parto em Liberdade Condicional, até segunda.

A ansiar tanto por este dia, todas as semanas, ou fico mais velha ou aproximo-me da reforma....bem, talvez sejam ambas.

Ainda me lembro de desesperar pela chegada deste dia para ir até a um bar beber um copo com os amigos...
Era quase uma ladies night!

Agora, "tá quieto ó máu"....

Sexta feira passada combinei jantar e ida ao cinema.

A sessão começava às 21.40. Caso Spotlight!

Apesar de ser protagonista um dos meus atores preferidos ( em termos de beleza também! Ai Mark Rufallo, je t'aime), aos primeiros cinco minutos comecei a enterrar-me na cadeira.

Depois senti-me desconfortável e ensonada.

Dai a dar o primeiro bocejo foi um passinho.

E passei todo o filme num sofrimento...

Ora cabeceava, ora adormecia em força, ora tentava ficar em estado de alerta.

As minhas manifestações de insatisfação tornaram-se audíveis.

- Mas que suplício. Ai que grande seca!

Nesse dia decidi que às 22h de sexta já devo estar de regresso ao lar.

A cabeça pede, mas o corpo já não me deixa foliar o quanto eu queria.

E assim sendo, fica aqui registado que este ano não vou p'ró carnaval, porque mais uma vez, eu até queria, mas o corpo não permite!


Vou fazer uma "sofazada" com o meu gato e ver a Passadeira Vermelha.

Há lá melhor programa para um final de semana?