Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Baila para mim/dança comigo....eu sei lá que mais...

Os miúdos estavam entretidos com o Singstar latino, mas nós, os graúdos, já começávamos a ficar um pouco inquietos com a repetição do playback de Mickael Carreira "baila p'ra mim, que eu fico louco, baila p'ra mim, amor, de corpo inteiro....tralálá".

Instala-se à mesa a discussão sobre o segredo do sucesso do nosso Tony e da sua prole.

O Nuno dá o mote:

- Eu não compreendo, a sério, não compreendo. Isto é piroso. É pimba. Tal e qual como o pai. Não deve haver um único homem que goste deles. Só mulherio histérico.

O new look, finalmente!
No outro dia perguntei a uma colega de trabalho porque é que as mulheres gostam tanto do Tony Carreira e ela respondeu-me que ele era confiável, vejam lá, confiável.

Sentado à cabeceira, o Fernando (que é de todos o mais grandalhão e entroncado) diz, incrédulo e na sua voz rouca:

- Tás a brincar Nuno? Tony Carreira? Tenho alí no carro o best of. Vou sempre a ouvir quando faço viagens mais longas. Isto é música romântica. Estive quase a ir ao concerto com a minha mãe. Ora ouçam lá...

"Depois de ti mais nada, nem sol nem madrugada, sem ti não há amor, a vida não tem cor..."
 e dá-lhe...
"Criança que fui e homem que sou e nada mudou..."

Estas são muita lindas!

Uma boa parte da canção foi cantada, em jeito de serenata, para a mulher, Diana, que o ouviu, quase inanimada.

A Rute estava completamente possuída por ter encontrado partener. Alguém com quem trautear umas músicas populares....

- É pá Fernando, ninguém diria. És um espectáculo. Há lá melhor para dançar um slow num baile de verão?
Esta gente é muito urbana.

Entusiasmado e indiferente à frente anti-Tony, o Fernando levanta-se e vai buscar o CD ao carro.

As restantes fémeas escangalham-se a rir e o Nuno fica boquiaberto.

Seguiu-se uma hora de show daqueles dois malucos, a cantarem e coreografarem os êxitos do homem que mais ânimo dá aos verões portugueses.

Os miúdos, em simultâneo, continuavam a cantar o baila p'ra mim.....




Sem comentários:

Enviar um comentário