Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Ai tanto medo


Querido 2013, ainda agora começaste e já ando a descompôr-te.

Praguejo contra ti, a torto e a direito, a todas as horas do dia.

Entras assim, logo a matar, é? Ao menos disfarçavas e fazias as apresentações com luvas de pelica.

Mas não, toca a levar logo com os teus maus fígados nos primeiros dias do ano. Vens tão azedinho filho!

Depois das festas, da lóooocura, de ter andado no roça roça com o Luís em cima das colunas da disco night lá d'aldeia, de ter sido levada no dia 1 de janeiro, para casa, por um agente da guarda, depois de ter praticamente desmaiado à mesa, ao almoço, quando olhei para o copo de vinho de quase meio litro do meu pai, depois  de ter ingerido mais de 20kg de açucar e outros tantos de óleo fula, depois de tudo isto e de quase ter esquecido que não nasci abrasonada e preciso regressar ao trabalho para sustentar este corpinho e todos os seus vícios, olho para ti, aninho querido, com o mesmo olhar enamorado com que olho para a escadaria da Sé de Braga......

Mas deixa estar que eu sou forte. Se no ano passado consegui deixar de roer as unhas, como havia prometido (sim, fui pôr unhas de gel, ao corner das nails, mas não as roo, pois não? então conta à mesma), este ano, nem que tenha de ir de propósito à Zara, comprar aquelas calças de ginástica que agora a malta usa na cidade, só p´ra mostrar as curvas, hei-de galgar por aí acima, mês após mês, sem te dar tréguas. Olha que jurei a pés juntos que começava a fazer ginástica! Hoje em dia, vale tudo para nos pormos em forma....


Luisinho, filho, não me escapas. Ana Rita, vê se te pões a caminho que o homem é meu! Lá por te teres andado a passear com ele, rua acima, rua abaixo, no dia de ano novo, deves achar que fazes parte das 10 mais sexys do pedaço. As pindéricas, lá da empresa que não pensem que me passam a perna. O prémio já cá canta. Minhas amigas, vejo mais a dormir que vocês acordadas...

E mais não digo, que ainda me chega a mostarda ao nariz e a conversa pode azedar.

Deves pensar que metes medo!!! Ai que toda eu tremo....cuidadinho com o ano do azar. Manda vir ó enjoadinho.....

1 comentário: