Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

domingo, 24 de maio de 2015

A miúda que é a tal






A miúda gira que sobe todos os dias no elevador, à mesma hora que eu, não é só uma cara bonita.

Assim que a vejo entrar no edifício, faz o  tempo parar. 

O que ela detém são quase poderes mágicos.

E eu só imagino que ela devia ter seguido a carreira de modelo, que devia ser contratada para alegrar os lugares.

Avança segura o átrio.

Não é pessoa de cabeça baixa. Segue sempre destemida.

A miúda do elevador parece ter sido desenhada.

E eu, perante aquela perfeição toda sinto que percorro quilómetros até chegar ao exato lugar onde a vou encontrar.

Sinto-me a suar em bica do nervoso, desaperto o nó da gravata, disfarço, vejo se tenho mensagens no telemóvel, assobio para o ar....

As pessoas desaparecem todas e só oiço um barulho de fundo, uma banda sonora a tocar...

Ali estou. Com aquela miragem à minha frente...sinto as pernas abanar.

Só estamos os dois à espera. Parece que estou num momento de pausa kitcat.

Ela vai sair no décimo andar.

Amanhã convido-a para sair.

De amanhã não vai passar.

Entra e enche o ar de um perfume doce a que me é tão difícil resistir...

O meu coração bate descompassadamente. Pareço um puto de escola.

Os cabelos compridos de seda negra aprumados fio a fio, como nunca vi igual.

Uma pele de porcelana....

Aqueles cinco minutos parecem uma eternidade....

Passava o dia todo assim, a andar de elevador...para lá e para cá...

Nunca gostei tanto de um elevador, minha nossa senhora!

Estudo-lhe cada gesto.

Que vontade de lhe falar.

Quando sai, olha-me nos olhos e diz- me bom dia.

Fico preso aos lábios da miúda do elevador e quase não vou a tempo de lhe responder.

Faço-lhe um sorriso de orelha a orelha e consigo articular um....até já!

Top Alain Manoukian de há uns aninhos. Uma peça fundamental!


Eu juro que mando encerrar o Palácio da Ajuda e levo-a lá a jantar....

Para esta mulher, não há baixela real que seja mal empregue.

I'm the King e esta dama é a rainha.



Esta mulher é digna de um salão real.


Imagens recolhidas dia 16 de maio, em que houve entrada gratuita nos palácios



E uma vontade imensa de voltar ao elevador...

E até bate uma saudade....

Não te orientes não...

Vai trabalhar!

Estou cá desconfiado que ela te vai mandar plantar couves ao quintal!


Uma cesta de vegetais, vindos diretamente do Oeste, e estratégicamente dispostos, para fotografar. Os vegetais também podem ser fashion.



Sem comentários:

Enviar um comentário