Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

SIM



Quando o barulho da cidade já não te diz nada,

quando descobres que gostavas de acordar a ouvir passarinhos lá fora a cantar...

e o coração te chama para longe do reboliço...

tu sabes que direção seguir.

Basta-te rumar para onde sempre pertenceste.

Onde a tua alma se enche do cheiro de flores, do sabor a campo, da cor do mar.

Tudo faz mais sentido ali, naquele cantinho especial.

Agora que te encontraste, agora que sentes o vento, sentada numa rede que fixaste no alpendre, agora que ouves o que o mar te diz, deitada na areia da praia...




                                                                   Andreia Jesus, para Somethingaboutdetails


As horas já não passam a correr.

Os dias têm quarenta e oito horas.

Agora pertences à natureza, agora SIM!

4 comentários:

  1. Eu a respirar uma árvore juntamente com um poema tão inspirado... Não sei se aguento.
    Beijinhos minha Ganhão

    ResponderEliminar
  2. Até à próxima produção fotográfica, daqui a 2 meses e meio!!! eh eh...Novembro

    ResponderEliminar
  3. Não podes é ficar mais gordinho do que já estás...eh eh.....

    ResponderEliminar