Brilho

Sempre à espera que os seus dias brilhem!

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Hostel


O Senhor Abel tem um peugeot antigo à porta de casa que serve, nada mais nada menos, para residência oficial de metade dos gatos lá da rua.

Passa-se a explicar.

O Senhor Abel não mexe o carro dali, porque por baixo do carro tem em permanencia, água e comida suficientes para alimentar os felinos de todo o concelho.

No outro dia contavam-se seis bichanos. A todos chama pelo nome, faz festas e dá guarida.

A mulher do Sr. Abel não se importa de o repartir com a gataria, porque partilha com o marido a mesma paixão.

Moram num engraçado rés do chão. A janela de casa que dá para a rua está cheia de vasinhos cor de rosa com flores e plantas delicadas.

Quando se passa vê-se o gato de casa a mirar, por entre a cortinas, os irmãozinhos que se abastecem lá fora.


É engraçado este hostel do Sr. Abel.

5 comentários:

  1. Um hostel de gatinhos:)

    Conheço um hostel, onde costumo ir, também muito fofinho ;)

    **

    ResponderEliminar
  2. Era fixe ter um hostel de gatinhos......
    Conheço esse outro hostel. O conceito é muito interessante!

    ResponderEliminar
  3. pois eu não ! vê lá se me contas essas coisas ...falando de coisas sérias , eu entendo as pessoas que ajudam assim os bichanos, mas continuo a achar que ainda assim não se dá dignidade aos pobres bichanitos....

    ResponderEliminar
  4. havias de ver como é bom o hostel da bicharada!!!!
    O outro é cá em casa....dahhhhh!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Felizmente que há por aí uns quantos hostels e uns outros tantos Srs. Abel.
    Embora com alguma falta de dignidade, como refere a Branca, sempre se dá aos bichanos algum conforto, e como eles agradecem! É só ver como eles fazem rorrom nas pernas dos Srs Abel. Um miau para os amigos dos bichanos.

    ResponderEliminar